14 de junho de 2011

COMO ELABORAR UM PLANO DE AULA



Neste post, vou apresentar os passos para elaborar um plano de aula.



Um abraço bem grande no coração das minhas amigas !!




1º Passo: Definir o tema.


O ponto de partida é o tema da aula. A escolha do tema de aula terá de ser de
acordo com o conteúdo dos planos de unidade didáctica das turmas.


2º Passo: Definir o objectivo.
Definir as competências a serem desenvolvidas nos alunos como, por exemplo, a
compreensão e expressão orais, a leitura, a expressão escrita, o conhecimento explícito,
as competências gerais e transversais.


3º Passo: Pesquisar textos e material.
A ideia para uma aula, sobretudo de língua estrangeira, poderá surgir através de
uma música ouvida no rádio, de uma frase ouvida num spot publicitário, da cena de um
filme ou de uma revista folheada ao acaso. Recomenda-se que o professor estagiário, na
medida do possível, construa o seu próprio material de pesquisa, com recortes de jornais
e revistas, livros, vídeos e outros.


4º Passo: Criar uma estratégia que conduza ao objectivo definido.
A definição da estratégia está relacionada com a idade e com o desenvolvimento
psicossocial dos alunos. Há que ter em conta a maneira como os alunos poderão
interpretar o tema, o modo como o tema os poderá afectar e o tipo de actividade que
lhes poderá interessar.


- Motivação
Toda as actividades precisam de uma motivação. Motivar é criar interesse pelo
tema e vontade de saber mais sobre ele. É necessário que haja motivação desde o início
até ao fim da aula. Quando nos apercebemos que o ritmo da aula já se alterou e que o
interesse dos pelos alunos pela mesma está a desvanecer-se, urge encontrar nova
motivação que os incentive a ter novo interesse pela aula e gosto pela matéria
leccionada.
A motivação pode estar ligada à percepção da utilidade do assunto, à
possibilidade de aplicação prática na vida, ao reconhecimento dos resultados e ao
interesse real e envolvimento emocional do professor estagiário. O reforço positivo de
comportamentos dos alunos é, também, altamente motivador.


- Desenvolvimento
Através de uma dinâmica de grupo, entre outras hipóteses, estabelecer um diálogo e
discutir sobre as questões relacionadas com o texto.


- Actividades Finais
Propor, entre outras hipóteses, uma actividade recreativa, de preferência
interactiva, como a criação de frases, textos, exercícios de compreensão onde os alunos
possam, de alguma forma, aplicar os seus conhecimentos, recapitular os conteúdos
apreendidos e, finalmente, sintetizar o que foi concluído em relação à matéria.


5º Passo: Avaliar resultados


É fundamental que o professor estagiário, após uma aula, avalie o seu próprio
desempenho, tendo em conta os seguintes aspectos: Criatividade, intuição, motivação,
interesse, clarividência, confiança, segurança ou, por outro lado, confusão, insegurança,
desmotivação, desinteresse, rigidez etc.
No âmbito desta auto–avaliação, o professor estagiário deve ainda perguntar-se se soube
explorar pontos interessantes e relevantes para a discussão levada a cabo em aula; Se a
aula perdeu ritmo e se tornou monótona por alguma razão e o que deveria ter feito para
que tal não acontecesse; Se houve momentos em que se afastou demasiado do seu
objectivo e se, em função disso, a aula foi prejudicada.
O professor estagiário deve planear as suas aulas tendo em conta esta avaliação.

0 comentários :

Marcadores

Total de visualizações

Seguidores

Tecnologia do Blogger.

Meus Visitantes

Atalho do Facebook

Google+ Followers